Posted by : C.Rios 27 de nov de 2011

Falando sério, só o que encontramos entre os desenhistas é pessoas que não gostam muito de sua pátria e que a renegam. E assim acabam imitando as historias já criadas no Japão. Não adianta dizer que "minha historia é diferente e ela vai superar as outras" se você não adequá-la para o país em que vive. 

Quando eu estava pesquisando para começar a escrever um projeto de livro, eu vi varias pessoas que queriam que seus personagens vivessem nos Estados Unidos ou em outro país qualquer, mas quase nunca no Brasil. Todos sempre diziam que sua obra não se adequava a realidade do nosso país. Sim, então como você pretende escrever sua historia em um lugar que você nunca foi e só conhece por obras secundarias? 

Você não pode pensar em um historia para agradar somente um grupo de pessoas, você sempre deve pensar em atingir mais e mais pessoas com ela. Como você quer que uma pessoa que mal conhece anime goste de uma obra que é cheia de shinigamis, hábitos japoneses, youkais e outras lendas que quase ninguém conhece? Tudo bem, você pode introduzi-las devagar em sua historia, mas para isso você deve ser um mestre em roteiro (E vamos lá, ninguém aqui ainda chegou a esse nível!). 

Mesmo se sua historia aconteça em um mundo criado por você, esses problemas irão continuar a atingi-los da mesma maneira. E ainda com mais um: A introdução desse novo mundo. Tente colocar uma fantasia que tenha um minimo de nexo, ainda fantasiosa, mas que faça sentido.

A arte é do Japão, mas vocês são do Brasil, então se quiserem que o mangá seja levado a serio adequem sua obra. Vocês não podem ficar nas sombra do Japão para sempre, tenham criatividade para criar algo novo e "único". Assim, logo, teremos revistas de mangás brasileiros e a profissão "mangaka" irá surgir nesse país verde-amarelo.


Pergunta de hoje: O que você mais odeia nos mangás japas? 

Post por: C.Rios

{ 19 comentários... read them below or Comment }

  1. Eu não acho que existirão MANGAKAS BRASILEIROS, até por que essa profissão é exclusiva do japão, assim como eu acredito que não existirá mangá no Brasil feito por um Brasileiro, mangá uma arte muito difícil de ser aprendida fora de seu país de origem, mangá possui muitas regras, narrativa, e outros elementos Únicos, por isso fazem tanto sucesso, mas acho que se nós, conseguíssemos adequar o nosso modo de criar historias,ao nosso país, para os leitores Brasileiros, nós poderíamos começar a pensar em Mercado de quadrinhos, O erro de muitos artistas iniciantes é tentar Enfiar conteúdo estrangeiro na cabeça dos Brasileiros, é bem mais facil enfiar ideias que ja existem na nossa cultura, do que tentar pegar uma outra e enfiar neles!

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente com tudo que você disse!!
    Realmente o pessoal tem um baita preconceito com o próprio país de onde nasceu o que me deixa mais envergonhada é ver que os japoneses amam o nosso país tanto que vieram pra cá só pra criar um mangá brasileiro, que hoje é um anime, eu não me lembro o nome, mas, o anime é baseado na favela do Rio de Janeiro, e eu vi os comentários do pessoal dizendo que eles não tinham o criar, basear na droga do Brasil, eu fiquei decepcionada com o que eu li, algumas pessoas são um bando de preconceituosos e machistas (a personagem principal é uma mulher) o pessoal não tem orgulho do nosso próprio país?
    Esse é outro caso, mas sobre o que você disse realmente poucos mangakás e fanzineiros não baseiam pelo menos um pouco da nossa cultura, e eu gostei das duas perguntas que você fez: ‘’Todos sempre diziam que sua historia não se adequava a realidade de nosso país. Sim, então como você pretende escrever sua historia em um lugar que você nunca foi e só conhece por obras secundarias? ‘’
    ‘’Como você quer que uma pessoa que mal conhece anime goste de uma obra que é cheia de shinigamis, hábitos japoneses, youkais e outras lendas que quase ninguém conhece?’’
    Aí fica a pergunta para muitos, gostei do seu ponto de vista!! *-----*
    É uma pura vergonha, e também é bem triste, tanto que os poucos mangás que são baseados no Brasil não ganham tanta audiência do publico!!!
    É REALMENTE TRISTE E LAMENTÁVEL!!!!
    FICO MUITO TRISTE COM ISSO!!! TT.TT)
    ------------------------------------------------
    Eu estou com um pequeno projeto, em basear a minha história com as favelas, com a vida real de um bairro pobre, onde existe disputa de territórios, drogas, romance.
    O que você acha?
    Eu pensei em basear na realidade do meu país!!! o/
    ------------------------------------------------
    Amei esse post, e eu gostaria de pedir à você se eu posso publicar no meu blog, claro que darei todos os créditos à você!!
    Aguardo à resposta!!! ^-^

    Beijos e até+!!! ^3^

    ResponderExcluir
  3. Obrigada *----*
    Que bom que você gostou, sério. Eu sempre pensei nisso, ainda mais quando eu tinha o meu blogger, o Fanzines House. Mas ficava só observando e tentando dá dicas para alguns desenhistas.

    Se o desenheiro não se importar, pode colocar sim. Ficarei feliz de ver esse texto chegar a um maior numero de pessoas.

    Muito obrigada ^-^

    ResponderExcluir
  4. Eu não me importo não, só iria pedir para vc postar com o nome da Clarinha e o endereço do nosso blog!

    ResponderExcluir
  5. A claro, sim,sim, sim, muito obrigada irei postar hoje!!! ^-^)/
    Só o nome da Clarinha e o endereço do blog, tá bom vou fazer isso!!! ^^

    Novamente obrigada!! *----*

    ResponderExcluir
  6. verdade isso hein xD!
    De todo mundo q disculto e tento passar a idéia de q o Brasil tem cultura sempre vem com aquele pensamento limitado de tipo,brasil só tem favela e carnaval,daí fica só nisto,esquecem da nossa arte marcial(capoeira),das nossas praias e ilhas(já pensei em idéias boas pra isso C=),folclore...

    ResponderExcluir
  7. Pronto já coloquei, com os devidos créditos à Clerinha e ao blog Desenheiros em ação!!! ^^
    Bom espero que o pessoal goste, assim como eu gostei!! *-*

    Obrigada novamente!!

    Beijos!!! ^ 3 ^)/

    ResponderExcluir
  8. Olha, eu concordo com parte disso aí. Sobre adequar os personagens ao seu país: Se eu fizer uma história de samurais, seria bem difícil fazer um samurai lutando na grande São Paulo. O máximo que eu poderia fazer seriam cangaceiros assassinos. Isso se deve ao fato de que NO BRASIL "NÃO EXISTEM" SAMURAIS! Mas se a minha história sobre samurais for interessante (e mesmo se não for) eu terei de colocar os samurais morando em seu país de origem - Japão - pelo fato histórico do Japão ter uma grande ligação com os samurais. Se por acaso eu criar uma história que tenha os EUA como cenário, é porque tem alguma coisa lá que o Brasil não tem. Acompanhe meu raciocínio: Se Bakuman fosse feito no Brasil, provávelmente Mashiro iria trabalhar de qualquer outra coisa, menos mangaká. Porque no nosso país, "mangás brasileiros" são ignorados e tratados como LIXO! Então, a história de bakuman não seria a mesma, nem teria a mesma qualidade. Quer fazer uma história que se passa no Brasil? Perfeito! MAS FAÇA-A COM TEMAS BRASILEIROS!!!!!

    ResponderExcluir
  9. Entendo sua parte e discordo em um todo.

    Na verdade, qualquer mangá sofre preconceito aqui no Brasil, não importa se é japa ou brasileiro. Mas o motivo deles não serem reconhecido é porque uma pessoa que não é otaku não vai se interessar por uma historia de um samurai estranho em uma aventura qualquer.

    É mais fácil essa pessoa comprar alguma coisa que ela assimile a sua cultura e a seu pais.

    E antes de falar "O máximo que eu poderia fazer seriam cangaceiros assassinos", tente pesquisar um pouco. Não seja um preconceituoso com seu próprio país! O brasil tem uma cultura imensa e muito rica, muito melhor que a de muitos países, mas sabe qual é a diferença?

    AS PESSOAS DOS OUTROS PAÍSES NÃO TEM ESSE PRECONCEITO IDIOTA E MODIFICAM SUA LENDAS PARA SE ADEQUAREM A SUA HISTORIA SEM PERDER SEU SENTIDO!

    Agora se vocês querem tudo de mão beijada vocês não vão ganhar muita coisa não.

    Pesquise antes de falar essas coisas idiotas que você vê em comunidades imbecis do orkut. Tenham um pouco de amor pelo sue país que, em muitos aspectos, é melhor que o Japão. Todo país tem seu lado bom e ruim, agora em vez de esperar ele melhorar faça algo!

    ResponderExcluir
  10. @Garota Sonhadora: O que eu disse não tem nada a ver com desprezar a cultura brasileira, mas sim, com o fato de que se uma pessoa cria uma história que não tem ABSOLUTAMENTE NADA A VER COM O PAÍS ONDE ELA MORA (até dei exemplos de histórias sobre samurais), seria MUITO SEM NOÇÃO ela colocar a história se passando no país em que ela vive. No Brasil não existem samurais, logo, perderia totalmente o sentido eu colocar um samurai em um país onde não há samurais. E sobre "cangaceiros assassinos" (que citei no outro texto), eu quis dizer que se eu quiser uma história no estilo "ASSASSINOS CRUÉIS" (que é exatamente oque ninjas e samurais são), não haveria como eu colocar samurais nela, tendo de usar os cangaceiros que, como todos sabem, eram os "justiceiros" do nosso país. Eu não tive a inteção de ofender a cultura do Brasil. Assim como não há maneiras de colocar samurais em histórias que se passam no Brasil, não dá pra colocar mula - sem - cabeça ou um cangaceiro em uma história que se passa no Japão. Entendeu?

    ResponderExcluir
  11. Sim concordo com a parte do mashiro, mas Entenda caro vinicius que se o roterista de Bakuman morasse no Brasil, SEM duvida ele criaria algo Genial! ele criou bakuman com essa cultura de mangaka, por que no japão ele vive isso, ele realmente vive aquilo, por isso foi tão facil criar uma historia como aquela,, por isso que foi tão facil descrecer a vida de uma mangaká! Estamos falando de GENIALIDADE para criar! e por que não criar uma historia de "cangaceiros assassinos?" eles são tão sombrios, com um design tão bem feito! Acho que para vocês conseguirem criar algo Brasileiro, ou criar Algo, não JApoNES, vocês precisam antes deixar de ser OTAKUS, vocês precisam AMAR DE VERDADE A ARTE sequencial, VER o MANGÁ COMO UM FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO, VER O HQ, um caminho para divertir os leitores, quando pensarem dessa forma, essa rivalidade e pré-conceito, acabarão!

    ResponderExcluir
  12. Eu não disse que não se pode criar uma boa história com os mitos e lendas brasileiras, só disse que é muito sem noção colocar um personagem em um ambiente que não tem nada a ver com ele. Fora isso, dá pra criar histórias tranquilamente.

    ResponderExcluir
  13. Mas é claro,não é por que se passa no Brasil que o povo vai querer ler e se identificar,de forma nenhuma,acredito que não importa a nação em que a estória se passa e sim o que ela apresenta em conteúdo.

    Oras os japoneses vivem e remechem com seus personagens em outros países e nem precisarão ir para lá.Tanto os japas quanto os americanos....

    De fato,fazer uma estória que se passe no Brasil é tanto uma boa ideia quanto uma ruim,não são todos os leitores que estão preparados para essa coisa.Não adianta dizer que vai ser um sucesso,como você tem certeza disso?por que o público vai se "identificar"????ainda insisto no conteúdo e não em nação.

    ResponderExcluir
  14. Exatamente o que eu estou tentando explicar: Não importa se a personagem seja do Japão, Burajiru ou EUA, o importante é que os leitores gostem e se sintam bem ao ler.

    ResponderExcluir
  15. O Japão é receptivo com as culturas de outros povos por um motivo histórico, que foi quando as tropas dos EUA chegaram lá no momento que eles estavam mais precisando: depois da bomba de hiroshima.

    Foi a mistura de culturas que isso propocinou que originou o mangá.

    E sim, não é certeza que uma obra que aconteça no Brasil vai vender mais. Só que é bem mais difícil uma obra do Japão vender aqui.

    ResponderExcluir
  16. SENSACIONAL SEU PORT, Parabéns, Concordo plenamente. Estes dias eu havia postado em meu perfil do Facebook algo relacionado a este tema. Pena não conseguir colocar o desenho que eu fiz neste comentário, mas o texto eu referencio:

    Gosto muito de ler quadrinho amador, principalmente mangá amador (fanzine, doujinshi, etc), mas o que não suporto mais é ver produção nacional só com personagens que tem nome japonês, quase nunca se vê um João, um Pedro, uma Maria ou parecido.

    Eu adoro mangá, adoro cabelos coloridos nos personagens, adoro a fantasia por trás da história, ninjas, e etc. Mas, quando estamos falando de mangá feito no Brasil encontramos muito pouco do nosso dia a dia neles. Tá cheio de mangá com monstros invadindo Tóquio ou algo parecido, ou monstros invadindo alguma cidade do Brasil, mas pessoal, vamos trazer algo mais perto do que a gente vê no dia a dia que fica divertido. Como não achei um exemplo na Internet, resolvi fazer o meu próprio desenho pra comparar. O invés de TANAKA, um ninja que luta pela sua honra e quer resgatar um item milenar das garras do mal, vamos desenhar o JOÃO, um pedreiro que precisa cumprir suas tarefas dentro do prazo se não tá despedido. Criatividade trás originalidade e diversão, imagina como não seria legal o corre-corre do João pra driblar os contratempos de uma construção com material atrasado. Mas, nada de querer desenhar sobre futebol, nós brasileiros não somos só isso :)

    ResponderExcluir
  17. No comentário anterior eu queria dizer POST!

    Bom, agora, depois de ler alguns comentários aqui, eu gostaria de dizer mais algumas coisas. Tudo bem, se vamos fazer uma história que tenha algo que de forma alguma possa se passar no Brasil, como samurais, ninjas, e afins...Qual o motivo pelo qual vamos escrever sobre isso? Eu penso que a melhor qualidade se é alcançada quando temos domínio sobre o que estamos escrevendo, e pq raios um brasileiro vai querer escrever sobre samurais? lendas de gerreiros ninjas??? Num faz sentido, ou vc acha que vai conseguir fazer algo de qualidade com o pouco conhecimento que tem sobre um tema que NÃO FAZ PARTE da sua realidade? Claro, não quero generalizar, mas é sim na maioria dos casos algo absurdo. Pense, quando alguém fala sobre escrever com base num tema nacional, logo surge um engraçadinho dizendo: Então vou falar de corrupção? Futebol? Novela? -- Pára! Se isso é tudo que vc conhece do seu país, pára! Nem tente fazer um mangá, ou revista em quadrinho qualquer, porque você precisa antes ler miuito sobre história e cultura geral. Não aguento mais ver nos mangás nacionais sempre as mesmas brigas, clãs, pessoas chamando os outros de malditos, e um herói que quer provar sua honra e etc. Não, isso num cola mais, assim como não cola as expressões com gota caindo da cabeça, com personagens em SD ficando nervosos e etc. Quantas pessoas vcs conhecem que luta para VINGAR sua família ou algo assim, aqui no Brasil? Então, qual o motivo pelo qual isso se tornará interessante por aqu? Já temos o material importado pra nos dar este gostinho. Nunca vi um mangá que falasse da vida de um muleque que se ferra com a sua nova rotina de vida por ter que começar a trabalhar, trânsito, perrengue pra chegar na escolha depois do serviço, apelidos que ganha no novo emprego... NADA de honra, e sim dia a dia. Escrevam algo que seja GOSTOSO de consumir. Se eu quiser ver brigas marciais, com SUKIMOTOS que pretendem vingar a morte do seu mestre, eu compro um mangá japonês. Quem no Brasil tem mestre do que? Pelo amor de Deus, sejam realistas senhores roteiristas... Eu adoraria consumir um mangá nacional que contasse a vida de um camelô e como este se ferra tendo que correr da polícia todo dia, imaginem quantas situações engraçadas poderíamos tirar disso???

    Mais uma vez, gosto muito de mangá... MAO histórias de Ninjas e Samurais, fantasia e etc... mas sinto falta de contidiano brasileiro em quadrinhos. Respeitando a opinião de todos, esta é a minha, e desculpem eu nào ter revisado procurando por meus erros de português.

    ResponderExcluir
  18. Cleber, fico muito feliz em ver seus comentarios, não que eu concorde com tudo, até por que cada um possui uma opinião diferente, quero dizer "seja bem Vindo ao Blog do Desenheiro" e espero que vc comente em mais posts, se possivel, até em TODOS! vc demonstrou uma opinião firme, utilizou de argumentos próprios para convencer os outros, Isso é que queremos aqui no blog, Queremos criar trocas de experiencias e opiniões, e vc fez exatamente isso, e todos que comentaram aqui tambem, muito Obrigado e continue comentando.

    ResponderExcluir
  19. Eu Odeio essa coisa de criar personagens alucinados, que vivem GRITANDO PRA TUDO!!
    Esses dias eu comecei a assistir Bleach e não consegui continuar por causa disso...o Ichigo é assim, o Naruto é assim, o Ruffy é assim...
    Ainda bem que tem internet pra gente ler outros tipos de coisa.
    Sobre fazer histórias com temas e locais do nosso país, bem...fui tentado a fazer uma equipe de heróis americanos...
    Mas pra não ficar do lado deles, eu coloquei uma série de defeitos que eu vou catucando a cada capítulo, inclusive a evolução de Excels é em cima desses problemas!!

    ResponderExcluir

Debates e comentários aqui!

- Copyright © Blog do Desenheiro - Maurício Alves - Powered by Blogger - Designed by Mauricio Alves -